5 dicas para criar conteúdos matadores

0

5 dicas para criar conteúdos matadores

Se você também acredita que conteúdo é rei, quem nós seríamos para dissuadi-lo da ideia? Ninguém. Foi o conteúdo que trouxe você até aqui, e levou clientes às diversas plataformas do seu negócio. Ele realmente é um rei. Mas foi a relevância quem coroou com honra e mérito esse conteúdo.

E é a relevância um dos principais desafios do marketing de conteúdo. Produzir um conteúdo de qualidade envolve garantir a manutenção dos valores de uma empresa, desde que sejam palatáveis ao público alvo. É preciso vender como se não estivesse vendendo.

Isso mesmo: marketing de conteúdo significa envolver o público com a marca de forma certeira. É o que tem realizado 100% das empresas que aliam o marketing de conteúdo às suas estratégias de vendas e de reconhecimento de marca. O conteúdo é alinhado a cada etapa do estágio do ciclo de vendas, gerando oportunidades comerciais. Em resumo: o lead é preparado para consumir.

Para que a sua empresa entre no hall de sucesso de venda, crie conteúdos matadores. Como?

  • Produza comfort content: Talvez, você ainda não tenha ouvido essa expressão. Mas o que há por trás dela já mexe em cheio com a web. Comfort content é aquele conteúdo que se conecta com o público por meio da emoção, sem esquecer a essência da marca. Um exemplo claro dessa estratégia de conteúdo é o BuzzFeed.
  • Transmita confiança: Não é dica barata. É um pedido para que as marcas sejam empáticas. E quem pede isso são os consumidores. Eles já sabem que marcas não são máquinas. Perfis de redes sociais não são robôs. Consumidores compram de quem confiam.
  • Conteúdo mobile é padrão, não é diferencial: De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto IPSOS, 67% dos entrevistados se informaram sobre compras pelo celular. Fora isso, o sistema Google passou por reformulação para priorizar a relevância de sites mobile. Tudo isso significa que a plataforma mobile está finalmente deixando de ser diferencial para se tornar padrão. “Textões”, agora, só se couberem na palma da mão.
  • Responda às dúvidas do seu público: Volte um pouco para o topo do funil de vendas, e passe pelas perguntas mais básicas que um consumidor se faz ao deseja determinado produto ou serviço. Por exemplo: “Por que usar uma plataforma de gerenciamento de conteúdo?”, ou “Qual o perfil do profissional de inbound marketing?”
  • Foque na escalabilidade: Essa dica é, de fato, matadora. Afinal, todo investimento requer retorno. Investir no marketing de conteúdo não é diferente. Por isso, é necessário avançar sobre a automação de marketing. Ela é responsável por reduzir o ciclo de vendas. Produzir muito conteúdo para diferentes canais a fim de converter oportunidades em leads e leads em vendas requer ferramentas.

Curtiu nossas dicas? Pois comece já a produzir conteúdo irresistível, e passe a vender online. E fique atento: em breve compartilharemos muito mais experiências para que seu conteúdo seja coroado!

Share.

About Author

Leave A Reply